Casa do Migrante na Paraíba celebra 2 anos de existência


Chegada de novo grupo de Migrantes Venezuelanos

No dia 03 de Julho de 2018, o Serviço Pastoral dos Migrantes do Nordeste – SPM NE inaugurou a Casa do Migrante em Jacumã/Conde na Paraíba, até o momento a casa já acolheu cerca de 250 migrantes e refugiados, só na Paraíba, adultos em sua grande maioria foram encaminhados para o mercado de trabalho e todas as crianças foram devidamente inseridas e acompanhadas na escola com cursos de formação profissional e de português.


Desde o início a Casa do Migrante enfrenta os desafios que surgem com ânimo e entusiasmo, por isso a equipe de trabalho foi crescendo e junto com ela o comprometimento, responsabilidade e empenho nesse tão grandioso trabalho.


Comemoração do Dia das Crianças na Casa do Migrante

Diariamente é possível acompanhar as conquistas exitosas dos migrantes e refugiados, a retomada de suas vidas, pessoal, emocional, profissional e socialmente, contam com o apoio da Casa do Migrante pois o trabalho da Casa vai além do acolhimento e segue portanto, o que segundo o Papa Francisco devem ser os princípios norteadores do trabalho com Migrantes e Refugiados: “Acolher - oferecer a migrantes e refugiados possibilidades mais amplas de entrada segura e legal nos países de destino; Proteger - conjuga-se numa ampla série de ações em defesa dos direitos e da dignidade dos migrantes e refugiados, independentemente da sua situação migratória; Promover – essencialmente, empenhar-se por que todos os migrantes e refugiados, bem como as comunidades que os acolhem, tenham condições para se realizar como pessoas em todas as dimensões que compõem a humanidade querida pelo Criador; Integrar - situa-se no plano das oportunidades de enriquecimento intercultural geradas pela presença de migrantes e refugiados.” (Papa Francisco, 2017) e Celebrar - em relação aos avanços obtidos (Acrescentado ao lema da Campanha da Fraternidade 2019).



Conquista de Revalidação do diploma de Alícia - Enfermeira

Para isso, a Casa do Migrante tem contado com muitas mãos amigas que se fazem presentes nesse projeto, são parceiros/as, colaboradores/as, amigos/as, a família SPM NE, voluntários/as da casa de acolhida que têm colaborado de maneira tão significativa nesse trabalho ao longo desses dois anos.


Nesse sentido, a coordenadora da Casa do Migrante na Paraíba, Auricélia Rossana, nos deixa uma mensagem de agradecimento e reafirma o compromisso da missão junto a migrantes e refugiados: Hoje é dia de celebrar e agradecer ao Deus da vida, por esses dois anos de existência do Projeto Casa do Migrante. Queremos agradecer a todos os colaboradores, instituições parceiras, a todos os amigos que de uma forma ou de outra vem colaborando junto com a gente nesses dois anos. Queremos também demonstrar nossa gratidão a todas as pessoas que passaram pela casa do migrante, que foram acolhidos por nós, e que com certeza nos tornaram seres humanos melhores, então sigamos juntos nessa missão de acolher, proteger, promover, integrar e celebrar com migrantes e refugiados aqui na Paraíba”.

A missão continua, é a igreja viva que cuida daqueles que mais necessitam. “Eu era migrante e tu me acolheste” (MT 25,35). Parabenizamos o SPM NE e a Casa do Migrante pelo trabalho desempenhado até o momento.



0 comentário
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Instagram
  • Whatsapp